Seg a Sex das 10:00 às 20:00

211 633 439

Hipertensão Arterial

A hipertensão arterial é uma das causas mais frequentes de consultas médicas e define-se por: pressão arterial sistólica>140mmHg e/ou pressão arterial diastólica >90mmHg.

Mais de 90% dos doentes têm hipertensão arterial primária, essencial ou sem causa detetável. Esta é, em regra, multifatorial.

Só cerca de 8% dos doentes têm causas identificáveis para a sua hipertensão arterial e potencialmente tratáveis, nomeadamente:

  • Casos de doenças endócrino-metabólicas (hiperaldosteronismo, feocromocitoma, síndrome de Cushing, entre outros);
  • Doenças renais e renovasculares
  • Coartação da aorta
  • Medicação (caso de anticonceptivos orais)
  • Síndrome de apneia do sono.

Aconselha-se, no caso de adultos saudáveis, a medição da pressão arterial, pelo menos uma vez por ano. Na população com fatores de risco associados – obesidade, diabetes mellitus, fumadores ou com antecedentes familiares de doença cardiovascular – deve haver um controlo mais frequente e de acordo com as indicações médicas.

A Hipertensão Arterial não tem sintomas e, por isso, muitas das vezes o seu diagnóstico é tardio e pode já ter consequências mais graves.

O aumento da pressão arterial exerce um efeito importante no desenvolvimento da Doença Cardiovascular, é um fator de risco reconhecido de morbilidade e mortalidade Cardiovascular e Renal.

Assim, as intervenções sobre o estilo de vida devem ser o primeiro passo na prevenção e tratamento da Hipertensão Arterial, nomeadamente: adotar uma dieta variada, nutricionalmente equilibrada, evitando o consumo de comidas com muito sal e bebidas alcoólicas; praticar, de forma regular, exercício físico, 30 a 60 minutos, quatro a sete dias por semana; controlar o peso e ainda, caso fume, a cessação do consumo de tabaco. A manutenção destes cuidados, associada a uma vigilância regular da pressão arterial, são essenciais para a manutenção de uma vida saudável.

Para obter apoio, conselhos ou qualquer esclarecimento sobre a Hipertensão Arterial e a sua prevenção ou tratamento, agende uma consulta Medicina Geral e Familiar.

Precisa de ajuda com a sua pele?