Seg a Sex das 10:00 às 20:00

211 633 439

Dislipidémia

Os lípidos são um componente fundamental para o organismo humano, representando uma importante fonte de energia e contribuindo para o normal funcionamento celular.

Existem essencialmente dois tipos de lípidos circulantes no sangue: o colesterol e os triglicéridos.

Quando o colesterol “mau” (cholesterol LDL) e os triglicéridos no sangue atingem valores muito elevados, aumenta o risco de aterosclerose e de obstrução parcial ou total do fluxo sanguíneo cardíaco e cerebral. A dislipidemia é, por esse motivo, um dos principais fatores de risco da aterosclerose, que representa a principal causa de morte dos países desenvolvidos, incluindo Portugal. Este facto deve-se à sua associação com doenças do foro cardíaco e cérebro-vascular como os enfartes agudos do miocárdio e os acidentes vasculares cerebrais (AVCs).

As principais causas de dislipidemia são: uma alimentação rica em gorduras e pobre e fibras e vegetais, obesidade, sedentarismo, insulinorresistência (doentes obesos e diabéticos), hipotiroidismo (problemas endocrinológicos), assim como fatores genéticos/familiares.

Numa pessoa com dislipidemia, deve ser efetuada uma avaliação clínica e laboratorial para despiste de causas secundárias de dislipidemia e de comorbilidades, nomeadamente, pressão arterial, índice de massa corporal ou outro parâmetro de obesidade, glicemia, função renal, função hepática e função tiroideia.

A abordagem terapêutica da dislipidemia tem como objetivo fundamental a redução do risco cardiovascular. A todos os doentes é recomendada uma mudança de estilos de vida, ao nível da alimentação e do exercício, isoladamente ou em associação com medidas farmacológicas definidas individualmente para cada doente em consulta médica.

Precisa de ajuda com a sua pele?